Minha produção: uma não, várias!

Ei, gente! Sumi essa semana por causa nobre, mas vou postando na medida do possível. Eu nunca sumo totalmente da Fan Page do Blog (curte lá, que vamos nos falando!), nem do meu perfil pessoal (eu não adiciono quem eu não conheço pessoalmente, mas para acompanhar minhas publicações é só “seguir” e assinar meu feed) e nem do Instagram. Como eu não posto nenhuma produção há um tempinho, fiz uma seleção e trouxe umas que achei no meu celular e as que eu coloquei no Instagram recentemente pra vocês verem e eu dar uma alôzinho aqui! Vocês vão ver que já tá quase tudo bem de outono/inverno mesmo, porque São Pedro resolveu provar que me ama e mandou o frio para BH. Woohoo! Pra vocês se inspirarem para o feriado:

page

vestido soltinho + jaqueta furadinha + colete jeans

IMG_20130512_013350

short jeans soltinho + suéter que era do meu irmão + bolsa cobra + all star botinha

IMG_20130512_231757

macacão fofo soltinho + jaqueta de couro biker + carteira cobra + sapatilha bailarina

IMG_20130519_220056

calça floral cigarrete + cor na blusa e bolsa coordenando com a calça + colete jeans

IMG_20130525_194213

calça de cobra + túnica + jaqueta de couro biker + colar de corações + bolsa de techas

Não foi pro Instagram, mas eu adorei usar:

4

blazer compridinho + short boyfriend + all star tie dye + bolsa com tachas

5

camisa sem manga + colar sob a gola + cinto tressê (meu amigo de todas as horas)

6

saia longa + regata compridinha + maxi cardigã+ echarpe + colares

3

saia tulipa pink + blusa malha de tricô + colar de pedras + óculos antiguinho

E aí, o que acharam? Qual preferiram? Me acompanha no Instagram (@tetechaves_) que eu estou postando mais produções por lá! Eu juro que volto já! =P

Anúncios

Traje obrigatório: diversão com glamour

dresscodemoderno3

Você sabe o que é um “dress code”? Em tradução literal, um código de vestir. E nas entrelinhas acrescenta-se: código social e/ou profissional de vestuário para cada situação, evento e locais de nossas vidas. Esse código pode ser particular, como quando descrito no convite de uma festa; permanente, como cerimoniais governamentais ou determinados locais de trabalho; ou convencionados, que são os casos em que você sabe que deve se vestir de determinada maneira, mesmo que não esteja descrito em nenhum lugar, simplesmente porque as pessoas ao longo do tempo se habituaram a frequentar tal local em uma maneira de vestir comum. Esses códigos estão em praticamente todas as situações da nossa vida e seja por respeito ou para ser respeitado, é sempre bom seguir essas regrinhas (in)visíveis.

 dresscodemoderno1

O que eu venho notando é que ocasiões de lazer, casuais e despojadas têm cada vez mais aumentado o nível de “arrumação” necessário. Explicação? O que me parece é que a moda, com informação muitíssimo democratizada através da internet, têm ampliado as marcas e opções, elaborado mais nas criações, gerado cada vez mais desejos e ampliado o potencial de consumo. Isso significa que as pessoas têm comprado mais e mais peças “desejo”, acessórios elaborados e isso não pode ficar no armário esperando uma ocasião mais legal para ser usado. Então elas têm sido incorporadas ao cotidiano, baladas, café com amigos, festas vespertinas etc.

dresscodemoderno2

Acho que essa coisa de visual despojado, chique mas usável, hi-lo – nos bons casos – virou mesmo um dress code contemporâneo. Vejo que em tempos de “look do dia”, facebook e instagram o que tem importado para as mulheres por aí é sair bem na foto e de preferência com uma das tendências da vez. Isso é ruim? Sim e não. Eu tenho váaaarias críticas a alguns comportamentos desse tipo, mas adoro ver as pessoas se arrumando mais no dia a dia e procurando estar com um visual legal em qualquer hora e lugar. Pessoas sendo mais criativas na hora de escolher a roupa e se preocupando mais com peças mais trabalhadas, que valorizam o design de moda. É claro que ainda não é a maioria das pessoas e dependendo do lugar talvez você pareça “arrumada demais”. Mas e daí? Se o fato de a moda “estar na moda” for o responsável por essa mudança de comportamento e do dress code do cotidiano, tanto melhor. A moda, mesmo que vá muito muito além disso, também é criar desejo, impacto e esbanjar glamour. É a parte divertida e fútil da coisa toda e que se usada e entendida na medida certa, só deixa a vida mais bonita e a autoestima lá em cima.

Então, minha dica de hoje é: não ligue de estar “arrumada demais”. Divirta-se na hora de se arrumar, seja criativo, use o potencial de seu guarda-roupa e está tudo certo! ; )

minha produção: fui ali ver o sol

Eu sei que os dias têm sido muito quentes e o sol não deu trégua em fevereiro (pelo menos aqui em BH), mas por mim que seja assim até 21 de março, início do outono. Eu adoro aquela luz toda, céu azulzão e uns algodões doces fingidos de nuvens: tudo junto se derramando sobre a terra. Amo olhar pra cima e ver o contraste das folhas verdes das árvores contra o azul infinito. É das coisas que mais gosto de ver na vida. Sou tipo criança ando olhando pra cima, admirando e sendo feliz com a minha pequenez diante de tudo.

A produção de hoje é na verdade de dezembro, estava perdida aqui. Mas foi feita em um desses dias abençoados de sol e por isso coloco de inspiração para o final de semana: o de vocês e o meu. A coordenação tem as várias características que eu amo: solto do corpo, feminino, acessório forte, mistura de cor e adequado para várias situações de um final de semana normal, seja durante o dia ou à noite.

DSC03638'

DSC03640 DSC03637'

Blusa: C&A – Saia: Renner – Rasteira: Sonho dos Pés

Bolsa: comprada em SP – Colar: eu que fiz =p

Óculos: não lembro, mas é de uma loja de departamento também

P.S.: eu sei que nunca coloquei de onde são minhas coisas, nem gostava da ideia. Mas algumas pessoas já me falaram que é legal ver como eu me visto de maneira barata e que era pra eu compartilhar. Então, aí vai. Vocês vão ver que é tudo bem barato mesmo, não pago caro em nada porque não tenho money e porque sei que dá pra achar mais barato em outro lugar. Quase sempre são de lojas de departamento ou achados por aí.

__________________

Segue aqui também:

Fan Page – Página Google Plus (novinha em folha!!)

Perfil FB – Perfil Google Plus

Pinterest – Fashiolista

Anúncio blog

Produção nº26: chuvinha e frio

E eis que enfim o tempo muda em BH. Para quem, assim como eu, já estava achando que o outono esse ano era mais uma balela de São Pedro, parece que ele resolveu provar que estamos errados. A temperatura foi abaixando gradualmente e hoje deu uma mega caída. Temperaturas abaixo acompanhadas de chuvinha fina significa o quê??? Nossa primeira chance real de um look de outono. EBA!

Para quem não possui compromissos muito formais, minha primeira sugestão é essa. O tênis pode ser trocado por uma botinha baixa ou ainda uma ankle boot de salto que fica mais arrumadinho e protegem os pés da chuva. A principal proposta é a sobreposição, pois assim se der uma esquentada ou se os ambientes fechados estiverem mais quentinhos, dá para tirar uma peça sem problemas. Como ainda está quente para duas peças pesadas, opte por cardigãs, casaquetos mais finos e blazers levinhos. Para nós de clima tropical algumas peças de manga mais curta, como esse mostarda, podem ser curingas e usados até em dias mais quentes para sofisticar o visual.

Quem tem quadril mais largo fica melhor com peças mais compridinhas, onde termina a bunda é o ideal para os cardigãs e blazers. E para amenizar o volume na parte de cima opte por uma peça mais sequinha em baixo. As cores são neutras, mas note que estão formando um contraste interessante, que junto com o mix de texturas dos tecidos de cada uma das peças, faz o charme da produção.

E claro, não esqueça o guarda-chuva! =)

——–

Atualização: São Pedro tá de brinks comigo, né? Acordou um solão hoje. Pelo menos o frio se manteve e a inspiração tá valendo.

_________________________________

Curtam: https://www.facebook.com/modaesporteclube.mec

Sigam: https://twitter.com/tetechaves

Inspirem-se comigo: http://pinterest.com/tetechaves/

Dia-a-dia: produção nº24

Quem tava com saudade das produções no MEC? \o/ Eu! Amo demais montar essas produções.

Semana: ah, se eu estivesse no Rio… Haha Enquanto a fashionistada nacional se esforça na montação para aparecer nas fotos do Fashion Rio, eu fico aqui a imaginar uma produção que usaria se estivesse no Rio em pleno verão novamente. Oh cidadezinha pra ser apaixonante, por mim morava lá! Enfim… saiu isso ó:

 

Primeira lição do Rio: o calor é infernal e muito úmido. Nenhuma roupa será fresca o suficiente. Então tudo que é soltinho, com pele a mostra e de tecido natural funciona melhor. Para dar o tcham um óculos redondinho atual e um maxi-colar de pedras. Bolsa cabe-tudo e de alça comprida é mais versátil para o dia e a alpargata é a coisa mais confortável que eu já calcei nos últimos anos (não tiro a minha do pé) e deixa tudo mais fofo.

Pra mim é um visual perfeito e à prova do Rio no verão de dia e à noite. Dava até para se aventurar lindona e mais natural pelos corredores do Fashion Rio…

 

beijo. beijo.

Dia-a-dia: produção nº23

Feriado no meio da semana é só um pit stop para repor o combustível. Dá uma descansada, mas não serve para fazer muita coisa. Então as saídas são sempre mais leves, ainda mais se pensarmos nesse clima frio e de chuva que está BH. Só dá ânimo para ficar em baixo da coberta, né? Já que a preguiça reina, vale uma inspiração para facilitar.

 

 

Para mim, com esse clima a roupa tem que ser confortável, quentinha e tampar os pés para não molhar se chover. Jeans básico + suéter folgadinho + tênis baixo/oxford = felicidade. Use acessórios fofos para alegrar e não sair com cara de chuva. Make basiquinho e coque para segurar o bad hair day que só um clima úmido é capaz de provocar. Pronto. Assim nem dá tanta preguiça de sair de casa no feriado. =) Proveitem a folguinha!

 

beijo. beijo.

Dia-a-dia: produção nº22

Estava com vontade de montar um look desejo… aquele que a gente provavelmente não vai ter, mas não custa inspirar. Calça metalizada está entre os desejinhos. E essa tipo pijama foi muito para o meu coração. Metalcolour + conforto e glamour.

Produção para uma festinha mais interessante durante o dia ou vários tipos de saídas à noite. Muito cor e acessórios poderosos. O brilho longe da conotação super sexy e pertinho do paraíso (haha). Apesar de tudo muito extravagante, o visual é na verdade muito descolado. Queria tudo já!

Dia-a-dia: produção nº20

Esse visual começou a ser traçado quando eu estava pensando no que vestir hoje. Estava com preguiça das minhas calças e cismei que tinha que usar uma que estava aposentada há uns 2 anos. Ela é estilo social, sabe? De tecido cinza e modelagem reta. E aí pegou… porque ela estava esquecida justamente por parecer meio careta e eu sempre achei difícil usá-la. Muito raciocínio, inspiração e olha no que deu:

 

 

 

Fui trabalhar mais ou menos assim hoje. A ideia era coool + tomboy + feminino.  Ou seja, uma onda moderninha com algo do guarda-roupa masculino e um pouquinho de feminilidade, pra não ficar caricato. O moderninho é a mistura de estilos MUITO diferentes. O tomboy é calça alfaiataria + oxford. O feminino é o floral + o uso das cores como o rosa. Nem precisa de muitos acessórios para complementar né?

 

E aí, o que acharam?

 

beijo.beijo.

Dia-a-dia: produção nº19

Hey pessoas! A minha briga com a internet persiste, mas eu aproveito cada segundinho que ela resolve dar sinal de vida. =)

Como o post de mais cedo foi sobre laranja eu resolvi montar uma produção facinha de fazer com a cor. Dá uma olhada:

A ideia é uma produção mais fofa, mas sem monotonia. É justamente esse saculejo na fofissse que o laranja vai trazer . A vibração e apelo de personalidade são a complexidade que um visual romântico e feminino com pegada atual precisa.

A base da coordenação é neutra e com mix de textura no tecido da saia, verniz da sapatilha e material da bolsa. Os óculos e o colar são joviais e modernetes. O romântico fica por conta da modelagem da saia e o laço rosa de fita usado como cinto. E a camiseta laranja básica é o ponto-chave. Na verdade qualquer cor forte funcionaria bem: rosa choque, azul turquesa…

Bora testar?