A Garota de Rosa Shocking

gwen-stefani-pretty-pink

Não sei se acontece com vocês, mas no inverno eu tenho uma tendência a ficar mais dark. Usar muito preto, abusar das referências rockers, urbanas, underground e góticas que eu adoro. Foi então esse sábado que eu fiquei reparando as minhas últimas produções e vi que a coisa estava literalmente preta. Ou seja, hora de dar uma pausa, um respiro. Comecei a viajar mentalmente nas minhas referências e lembrei-me de um editorial lindinho da Harper’s Bazaar inglesa de maio chamado “La vie em Rose”. O nome é referência provável à música de Édith Piaf, cantora francesa mundialmente famosa dos anos 40, que tem filme sobre a sua vida também com o título da música. Enfim, fiquei com o tal do rosa na cabeça.

Acabei batendo o olho em um blazer tipo Chanel que eu tenho e uso muito pouco e decidi aproveitar para montar algo com ele. Acabou saindo uma produção divertida, fofa e moderninha. Nada senso comum, que é o meu objetivo sempre. Fiz uma misturinha com lápis de boca marrom para o batom ficar um rosa bem escurão, quase vinho e adorei, vou repetir muito. Postei a foto no Instagram (quem ainda não segue, bora seguir: @tetechaves_) com a legenda “Pretty in Pink” referência ao filme de mesmo nome dos anos 80 que eu adoro. É um clássico super divertido, gente, assistam. Olhem como ficou:

IMG_20130601_230402

Nunca fui uma menina que usava rosa e tenho pouquíssimas coisas da cor em meu guarda-roupa. A cor é muito estereotipada na minha cabeça. Não sou fofa, nem menininha. Sou até muito romântica e sensível do meu jeito meio torto, meio alternativo. Mas tenho horror a essa delicadeza forçada da imagem de menina certinha ou a esse glamour meio barbie. Sério, pavor!!! Hoje em dia as mulheres são tão independentes, fortes e, claro, românticas e femininas também, mas não frágeis, ingênuas ou fúteis. Quando montei a produção queria vestir um rosa que dissesse isso. E como a inspiração funcionou para mim, quis trazer mais coisas para vocês também. Porque a cor carrega o significado que a gente dá a ela. Então… bora deixar a cor atual, interessante, intensa?

la vie en rose

*Editorial “La Vie En Rose” da Harper’s Bazaar inglesa, edição maio de 2013. Karen Elson, modelo e cantora inglesa, pelas lentes do fotógrafo Alexi Lubomirski.

baymen

pink3 pink2 pink1

pink4

E aí, curtiu as inspirações?

Perfil de esportista: rosa&laranja #produção musical

Já que (anormalmente) eu tô que apareço nesse blog, resolvi (des)andar com isso e criar mais uma tag. E como o dia hoje é de inspiração… aqui vai mais uma. Vocês ouvem música enquanto se arrumam? Nãoooo? Pois eu escuto, e muito! Então, como as músicas fazem muita diferença no meu humor e nas minhas inspirações resolvi ocasionalmente postar algo que me inspirou a vestir.

 

Laranja – Maria Gadú

Pink – Aerosmith

 

Essa produção é até de um tempo atrás já, início de dezembro. Sempre tive um amor por laranja e acho a coordenação de laranja e rosa uma das mais bonitas de se ver. Na época eu estava ouvindo muito essa música do Aerosmith e descobri por acaso no youtube essa outra da Maria Gadú, que entrou na playlist de cara. Com a onda color block, as músicas e minha paixão antiga a vontade de fazer algo legal com essas cores foi intensificando até que meu pai (\o/ Gererê rocks!!!) me deu uma saia longa laranja. Aí formou! O resultado, é esse abaixo:

 

 

Os acessórios mais de perto:

 

O que vocês acharam? Eu amei e queria usar mais umas 15 vezes. =) É até bom eu colocar umas fotos decentes minhas aqui para compensar essas de maquiagem que me avacalharam demais. Minha bochecha é grande gente, mas nas fotos de perto parece que eu só tenho bochecha! aahaihauhau

 

E aí, música inspira vocês também?